quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Michelangelo - Ícone da Renascença Italiana

Michelangelo di Ludovico Buonarroti Simoni, nasceu em Caprese, 6 de março de 1475.
Foi pintor, escultor, poeta e arquiteto, seu grande prazer era desenhar.
Na biografia de Michelangelo, consta que ele era um homem arrogante e insastifeito com ele mesmo. Nunca foi chegado a bebida, apesar de ser solitário e melancólico. Seu pai, de uma família da aristocracia Florentina, nunca aceitou sua inclinação para as artes e por conta disso espancou Michelangelo por encontrar desenhos em seu caderno. Aos seis anos de idade perdeu sua mãe e foi entregue aos cuidados de uma ama-de-leite, cujo marido era cortador de mármore, o que despertou nele a vocação para escultor.



Escreveu muitos poemas, mas foi a pintura e a escultura que o tornou um ícone da Renascença ao lado do grande gênio Leonardo da vinci.
Michelangelo começou seus estudos como aprendiz de Domenico Ghirlandaio,um pintor renascentista italiano contemporâneo de Botticelli e Filippino Lippi, que formou toda uma geração de excelentes artistas.
Mas tarde foi estudar escultura com Bertoldo di Giovanni, escultor italiano e aluno e assistente de Donatello.
1490 a 1492, Michelangelo foi para Florença estudar na escola de escultura de Lourenço de Médice, rico banqueiro e mecenas, protetor de escritores, sábios e artistas, Lourenço foi o impulsor das primeiras imprensas italianas e iniciou o movimento renascentista, que rejeitava a ciência escolástica e teológica, para valorizar a pesquisa e a busca do sentido da vida, colocando o Homem no centro do Universo.
Nesse período que esteve em florença, Michelangelo criou dois relevos:

A Batalha de Centauros



A Madonna da Escada



Após a morte de Lourenço Médice, saiu de Florença para Bolonha e em 1496 para Roma, onde produz:

Pietá



Baco



Quatro anos mais tarde, michelangelo voltou à Florença, onde produziu sua mais famosa escultura, David, feita em mármore de Carrara, concluída em 1504.



Essa escultura consagra Michelangelo como um escultor de extraordinária técnica e habilidade. Nessa mesma época pintou a Sagrada Família da Tribuna.



Mas indiscutívelmente, sua obra prima foi a pintura monumental do teto da Capela Sistina,Vaticano (1508-1512).



Originalmente a pedido do Vaticano ele deveria pintar os 12 apóstolos, mas o pintor sugeriu pintar a representação da Criação. Sua sugestão foi aceita e Michelangelo assim realizou o trabalho mais expressivo da sua vida.
O Teto da Capela Sistina contém 300 figuras e é baseado no livro da Genesis, divididos em três grupos:

*A criação da terra por Deus
*A criação da Humanidade e sua Queda
*A Humanidade, representada por Noé

Entre os Afrescos mais famosos estão:

A criação de Adão



Adão e Eva no paraíso.



O Juízo Final



Realizou dois importantes projetos de Arquitetura:

A cúpula da Basílica de São Pedro em Roma



O Túmulo Papal, iniciado em 1503 a pedido do papa Júlio II, e finalizado em 1545 devido a grande quantidade de trabalho. A Estátua de Moisés ao centro.



Principais Obras de Michelangelo

Gênesis (teto da Capela Sistina)
O Juízo Final (teto da capela sistina)
Martírio de São Pedro
Conversão de são Paulo
A Batalha de Centauros (baixo relevo de tema mitológico)
A Madona Dos degraus (relevo)
A sagrada Família

Suas principais esculturas foram:

*O cupido adormecido
*Baco Bêbado
*Adonis Morrendo
*A Virgem
*Pietá
*David
*Baco
*Moisés
*Raquel
*Família Real Médici

Livro de Poesias

Coletânea de Rimas

Arquitetura:

*A cúpula da Basílica de São Pedro em Roma
*o túmulo papal

Frases de Michelangelo:

"A perfeição é feita de pequenos detalhes - não é apenas um detalhe."

"Em cada bloco de mármore vejo uma estátua; vejo-a tão claramente como se estivesse na minha frente, moldada e perfeita na pose e no efeito. Tenho apenas de desbastar as paredes brutas que aprisionam a adorável aparição para revelá-la a outros olhos como os meus já a vêem."

"Se as pessoas ao menos soubessem o quão duro trabalho para ser mestre no que faço, não lhes pareceria tão maravilhoso."

"Observei o anjo gravado no mármore, até que eu o libertasse."

"Espero que eu sempre possa desejar mais do que consigo fazer."

Para Michelangelo, a missão do escultor era libertar as formas que já se encontravam dentro da pedra. Kenneth Schuman e Ronald Paxton enxergaram aí um gancho para um inusitado livro de auto-ajuda: O Método Michelangelo - Revele sua obra-prima e crie uma vida extraordinária, Best Seller, 288 pgs. A mensagem é que existe uma obra-prima dentro de cada um de nós, que pode ser revelada por meio da determinação, da superação de obstáculos e de outras estratégias inspiradas na vida e na obra do artista italiano. Leia mais em "Michelangelo inspira livro de auto-ajuda" - Máquina de escrever, Luciano Trigo


Fontes de pesquisa e fotos

WebMuseum: Michelangelo
Educação UOL Biografia - Michelangelo
Wikipédia - Michelangelo
Olga's Gallery

5 comentários:

Arthurius Maximus disse...

Ao lado de Da Vinci, um dos maiores vultos da arte. E um gênio em muitos aspectos.

Beth Cruz disse...

Olá Arthurius!

Confesso a você que apesar de admirar muito Michelangelo, tenho a preferência por Leonardo da Vinci, que no meu ponto de vista foi mais completo e mais crítico.

Obrigada por sua visita, fiquei sabendo ontem que você estava com Dengue, mas que graças a Deus, já está recuperado.
Abraço e sucesso

Guga disse...

Bela postagem
Abraços Guga

Tais Luso de Carvalho disse...

Oi, Beth, que obras lindas! Ele e Leonardo da Vinci... Deixo-te aqui um poema de Michelangelo, lindo, lindo! Tenho a tradução, mas nada igual ao original:

Vivo al peccato, a me morendo vivo;
vita già mia non son, ma del peccato:
mie ben dal ciel, mie mal da me m’è dato,
dal mie sciolto voler, di ch’io son privo.
Serva mie libertà mortal mie divo
a me s’ è fatto. O infelice stato!
A che miséria, a che viver son nato!

Um grande beijo, amiga.
Tais

Blog da Silvia - De Tudo um Pouco disse...

Achei o seu blog por acaso e adorei.
Vc está de parabéns por construir algo tão instrutivo.
Nota 1000 p o seu blog.

Abraços Sílvia Corrêa